A Loja – História

 

A “A∴R∴L∴S∴ União e Silêncio – N° 1582″, Grande Benfeitora da Ordem, Federada ao Grande Oriente do Brasil e Jurisdicionada ao Grande Oriente do Distrito Federal , foi fundada em 31 de março de 1962, sendo a segunda Loja mais antiga do Distrito Federal (já que em Maio de 1957, um grupo de pioneiros fundou a Loja Estrela de Brasília, a primeira do Distrito Federal), por maçons residentes no Oriente do Estado de Goiás e do Distrito Federal (maçons residentes em Taguatinga, Núcleo Bandeirante e Brasília).

Fundada, inicialmente, com o título distintivo de “General Moreira Sampaio”, em noite memorável, presidida pelo Irmão Nasseri Gabriel, então Grão-Mestre do Estado de Goiás, com a presença de Irmãos do Grande Oriente do Brasil e da Grande Loja de Brasília, esta Loja, que posteriormente mudou seu título distintivo para “União e Silêncio”, que em princípio seria subordinada ao Grande Oriente  do Estado de Goiás, com sua primeira diretoria provisória, os Irmãos: Venerável Mestre: Jorge Salim; Primero Vigilante: Lourival Crispim; Segundo Vigilante: José Barbosa; Orador: Estevam Cavalcante; Adjunto de Orador: Riad Neme; Secretário: Emerson Septimio Alves; Tesoureiro: Arcanjo Balestra; Chanceler: José do Carmo Nascimento; e Cobridor: Bolivar Nunes Faria.

Primeiras iniciações:

No ano de 1964 é que a União e Silêncio realiza sua Primeira Sessão Magna de Iniciação. Naquele ano foram iniciados os candidatos: Levino do Nascimento, Jairo Natal, Nelson Alves Louzeiro, José de Freitas, Ibrahim Ali El Kadi e Alberto Pongette de Almeida.

No ano de 1965 iniciaram os seguintes candidatos: Carlos Augusto Soares, Jeremias Pinheiro Moreira, Heberth Hamthum, Mario Linário Leal, Carlos da Silva Dourado, Joaquim Bernardes de Oliveira, Jovino Batista Fonseca, José Lacerda Neto, Afonso Vaz Filho, Camerindo Mendonça, Carlos de Oliveira Itacaramby,  e Nilton Ramos Guadalupe e Silva.

No ano de 1966 iniciaram os seguintes candidatos. No mês de janeiro: Denys Chendes e Raimundo Borges Guimarães. Em fevereiro: Helio Pereira Leite, Serapião Lacerda Neto e Ruy Barbosa de Mendonça. Em junho: Jaci de Oliveira, Antônio Pericles Viana e Francisco Maria Costa. Em setembro: José Miguel Navarro Garcia e Zefredo Gauche. Em novembro: Philadelpho Barbosa, Zanir Abdala e Joaquim Gonçalves Nóbrega.

Período entre 1973 e 1983:

Vale mencionar que em 1973 ocorreu uma histórica e conhecida cisão no Grande Oriente do Brasil, que ocasionou, por motivos próprios, a vinculação da “Loja União e Silêncio” ao “Grande Oriente Independente (COMAB-DF) do Distrito Federal”. Em 1984, regressou às suas origens (Grande Oriente do Brasil), potência à qual pertence até os dias atuais.

 

Fotos do Templo

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank

 

Estandarte